O juiz da 5ª Vara da Fazenda Pública e Autarquias de Belo Horizonte, Rogério Santos Araújo Abreu, deferiu o pedido do Sindicato dos Professores do Estado, que solicitava a suspensão do retorno das atividades presenciais em escolas particulares mineiras. Como Juiz de Fora é a única cidade que não faz parte da base desse sindicato, não é contemplada pela decisão, conforme o TJMG. (Foto: Reprodução/Tribuna de Minas) Leia Mais
Postado em 24/10/2020
Saúde
Ciência