Postado em 25/01/2020

UFJF e Prefeitura assinam parceria para mapear áreas de risco

Acordo estabelece cooperação técnica para ações de mapeamento e atendimentos de engenharia pública.

UFJF e Prefeitura assinam parceria para mapear áreas de risco

Foi formalizada, nesta sexta, 24, uma parceria técnica entre a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e a prefeitura local, visando estabelecer mútua cooperação na área de extensão universitária voltada ao mapeamento de áreas em possibilidade de risco. O acordo, celebrado em cerimônia no Anfiteatro das Pró-reitorias, se dá com a participação da Secretaria Municipal de Segurança Urbana e Cidadania e do Núcleo de Atendimento Social da Faculdade de Engenharia (Nasfe).

A parceria visa a uma cooperação técnica entre a UFJF e a PJF no que tange às ações de mapeamento e atendimentos de engenharia pública. O Nasfe, enquanto projeto de extensão com aptidão no Núcleo de Prática Jurídica, desenvolve projetos de engenharia para famílias que ganham até três salários mínimos, de maneira gratuita. “Grande parte dos nossos atendimentos tem interface com moradores que estão em áreas com algum tipo de vulnerabilidade – seja ela social ou relacionada a riscos físicos – como inundação ou escorregamento. Para os moradores, o primeiro benefício é uma interface nossa, de projetos tanto preventivos quanto interventivos, para essas famílias que são alvo do monitoramento da Defesa Civil”, explicou o professor e coordenador do Nasfe, Jordan Souza.

O reitor da UFJF, Marcus David, ressaltou a integração com a comunidade. “Quanto maior for a participação da Universidade na sociedade, mais relevante ela se torna e, naturalmente, mais proteção e defesa ela recebe da própria sociedade. Temos o orgulho e a certeza de que a UFJF cumpre esse papel, através dos vários projetos que realiza no campo social, com trabalhos que buscam melhorar as condições de vida da população, e também junto ao setor produtivo e de transferência de tecnologia, para gerar inovação, além da democratização do acesso à arte e à cultura”, observou. “Temos convicção de que cumprimos esse papel com excelência e isso nos dá a certeza de que, mesmo em momentos difíceis, a comunidade irá se unir à Universidade nesse processo de proteção à Instituição.”

O prefeito de Juiz de Fora, Antônio Almas, também destacou a relevância da aproximação entre os agentes públicos. “Este trabalho é fundamental. Quando a Academia se coloca à serviço da sociedade – o que a UFJF sempre fez – e se associa essa visão do trabalho acadêmico junto à Prefeitura, que tem a obrigação de realizar todos esses atos, quem ganha é a sociedade. A participação direta da Universidade nesses convênios só favorece a cidade de Juiz de Fora.”



Vocação extensionista

Atualmente, a Universidade possui, apenas com a Prefeitura de Juiz de Fora, 62 termos de cooperação vigentes no campo da Extensão. São mais de 300 estudantes de graduação e pós-graduação envolvidos diretamente com ações extensionistas, em áreas como educação, saúde, direitos humanos e cultura.



Segundo a pró-reitora de Extensão da UFJF, Ana Lívia Coimbra, o projeto da Faculdade de Engenharia atende a um chamamento político da gestão da Universidade. “As ações de extensão, por meio da relação com a comunidade externa, visam fortalecer direitos e melhorar a vida das pessoas nas regiões de Juiz de Fora e de Governador Valadares. Essa política só encontra eco e só se concretiza quando o corpo docente, discente e técnico-administrativo vê isso como importante e recebe as condições para que esses trabalhos sejam colocados em prática”.

Nasfe

Desde sua criação em 2008, o Núcleo de Atendimento Social da Faculdade de Engenharia realizou 283 atendimentos nas cidades de Juiz de Fora e atendimentos específicos de apoio às ações de defesa civil nas cidades de São Tiago, São Sebastião da Vargem Alegre, Rio Preto e Bicas.

Das tipologias de atendimento, destacam-se os levantamentos de dados para ação de usucapião (55% dos atendimentos) e projetos de engenharia civil em edificações (28%), além de vistorias técnicas (5%).

O Nasfe já desenvolveu atividades com Núcleo de Práticas Jurídicas da Faculdade de Direito da UFJF; Corpo de Bombeiros de Minas Gerais; Defesa Civil Municipal e Estadual; e escolas municipais Augusto Gotardelo e Tancredo Neves.

A estudante do 6º período de Engenharia Civil, Vitória Araújo, faz parte da equipe de alunos que, acompanhada por professores orientadores da Faculdade de Engenharia, prestam atendimento à comunidade através do Nasfe. Segundo Vitória, a iniciativa contempla os ensinamentos que são adquiridos pela teoria e prática acadêmicas. “Fazer parte de um projeto como esse é muito engrandecedor para nós da Engenharia porque ele oferece a oportunidade de colocarmos em prática toda a teoria da sala de aula, externalizando isso para a comunidade. Ter contatos com pessoas em vulnerabilidade social é engrandecedor porque conseguimos enxergar suas demandas e ajudar, o que é muito gratificante.”

A cerimônia de assinatura do termo contou ainda com as presenças do diretor da Faculdade de Engenharia da UFJF, Marcos Borges; do secretário de Segurança Urbana e Cidadania de Juiz de Fora, José Sóter de Figueirôa Neto; e do subsecretário de Defesa Civil do município, Jefferson Rodrigues Junior, além de representantes da sociedade civil, da Administração Superior da Universidade e do Corpo de Bombeiros.


Outras informações
(32) 2102-3960 – Pró-reitoria de Extensão ou Nasfe


Fonte: UFJF

Me inscrevi para um concurso que foi suspenso. E agora?


Diante da pandemia do novo coronavírus, dezenas de concursos federais, estaduais e municipais estão sendo suspensos. No entanto, não se trata de cancelamento, que significa algo definitivo. A suspensão é uma pausa na seleção, com o adiamento das provas por prazo indeterminado. O G1 preparou um tira-dúvidas sobre o assunto para o candidato saber como proceder em caso de suspensão do seu concurso, com a participação de Antonio Batist, especialista em gestão pública e empresarial, e Fernando Bentes, professor de direito constitucional da UFRRJ. Veja abaixo:

Prefeitura de Bom Jardim de Minas oferece concurso com 50 vagas


Cargos são para todos os níveis de escolaridade.

Prefeitura de Rio Pomba oferece concurso com salários de até R$ 7.044,76


As vagas são para cargos de nível fundamental, médio e superior.

Prefeitura de Ubá oferece concurso com 161 vagas


Salários chegam a R$ 3.636,81.

Gol abre vagas para trabalhar sem sair de casa: home office


A empresa também procura profissionais para atuar em vários aeroportos do Brasil.

TJM-MG oferece concurso com salários de até R$ 5.782,78


São 24 vagas para candidatos de nível médio e superior.

Professores - PJF divulga novas listas para contratação e provas práticas


A Prefeitura de Juiz de Fora deu sequência, nesta quarta-feira (15), às chamadas de professores dos processos seletivos simplificados visando à contratação temporária para atuação no ano letivo de 2020.

PJF divulga resultados de processos seletivos para professores e coordenadores pedagógicos


Foi divulgado pela Prefeitura de Juiz de Fora, nesta quinta-feira (2), os resultados dos processos seletivos simplificados para contratação pela rede municipal no ano letivo de 2020.

Polícia Militar de Minas Gerais publica edital de concurso


São 160 vagas com remuneração inicial de R$ 5.769,42.

18 concursos abrem inscrições para mais de 2,5 mil vagas amanhã (16/12)


Nesta segunda-feira (16), serão abertas as inscrições de 18 concursos públicos de diversos órgãos, que buscam candidatos para preencher mais de 2,5 mil vagas. As oportunidades são para profissionais de todos os níveis de escolaridade, para em 9 estados diferentes (Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo).

18 concursos abrem inscrições para mais de 2,5 mil vagas amanhã (16/12)


Nesta segunda-feira (16), serão abertas as inscrições de 18 concursos públicos de diversos órgãos, que buscam candidatos para preencher mais de 2,5 mil vagas. As oportunidades são para profissionais de todos os níveis de escolaridade, para em 9 estados diferentes (Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo).

País tem quase 17 mil vagas abertas em 150 concursos públicos


Pelo menos 150 órgãos estão com inscrições abertas em todo o país para preencher quase 17 mil vagas. Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade. Nesta segunda-feira (25), 11 órgãos abriram inscrições. O maior concurso é o da prefeitura de Potim, em São Paulo. São oferecidas 127 vagas. Veja a lista completa de concursos

Secretário escolar – PJF divulga lista de convocados para contratação


A Prefeitura de Juiz de Fora divulgou, nesta quinta-feira (7), a primeira lista de convocação dos candidatos aprovados no processo seletivo para contratação de Secretário escolar, para atuar na rede municipal.

SDS, Senai e Senac promovem cursos gratuitos


A Secretaria de Desenvolvimento Social, em parceria com o Senac e o Senai, está disponibilizando cursos gratuitos.

22 concursos abrem inscrições nesta semana; veja lista


Ao menos 22 concursos públicos abrem inscrições para preencher mais de 9,8 mil vagas. Há oportunidades para profissionais de todos os níveis de escolaridade, em dez estados. Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de postos durante a validade do concurso.

Concursos: 208 seleções estão abertas para preencher mais de 20,7 mil vagas


208 concursos públicos estão com inscrições abertas para preencher mais de 20,7 mil vagas, com oportunidades para profissionais de todos os níveis de escolaridade e em diversos estados. Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso. CONFIRA AQUI A LISTA COMPLETA DE CONCURSOS E OPORTUNIDADES