Postado em 03/01/2019

Segunda via de identidade em Minas Gerais sobe 124,5%

A tarifa para obter a segunda via da carteira de identidade em Minas Gerais mais do que dobrou em duas semanas.

Segunda via de identidade em Minas Gerais sobe 124,5%

A tarifa para obter a segunda via da carteira de identidade em Minas Gerais mais do que dobrou em duas semanas. O valor pago pelo serviço, que era de R$ 32 até o dia 21 de dezembro de 2018, entrou o ano novo custando R$ 71,86, uma elevação de 124,5%.

Primeiramente, a taxa cobrada passou a ser de R$ 65. Poucos dias depois, ainda na gestão de Fernando Pimentel (PT), foi fixada em R$ 71,86. O valor é cobrado de quem perdeu o documento.

Continua gratuito o serviço de emissão da primeira via do Registro Geral (RG), para quem teve o documento roubado, com a apresentação do boletim de ocorrência, e para quem comprovar carência.

O aumento pegou de surpresa a professora Valéria Carlos, 50. “Como a gente já paga um absurdo de impostos neste país, não faz sentido pagar mais de R$ 71 para se identificar”, disse. A desempregada Juliana Pereira, 50, assustou-se com o preço ao tentar obter o documento para a filha: “A escola não aceita a carteira de identidade antiga. Um absurdo. Não tenho dinheiro”.

Em BH, o serviço é feito nas quatro Unidades de Atendimento Integrado (UAIs) – praça Sete, Barreiro, Venda Nova e Barro Preto – e no posto de identificação da Assembleia de Minas.

Em processo de privatização, a UAI da praça Sete, no centro da capital, foi fechada no dia 31 de dezembro, e ainda não há data para a normalização dos serviços.sobre o assunto.



Fonte: Portal Minas

Concursos

Novos editais de seleção para professores substitutos da UFJF são divulgados


As vagas são destinadas aos Departamentos de Construção Civil, de Política e Ação do Serviço Social e de Letras, do campus Juiz de Fora; e ao Departamento de Ciências Naturais, do Colégio de Aplicação João XXIII.

UFJF abre seleção para cinco professores substitutos


Vagas são para faculdades de Medicina, Arquitetura, e Administração, e para Instituto de Ciências Humanas e Colégio João XXIII, todos em Juiz de Fora.

País tem 14,5 mil vagas abertas em 190 concursos públicos


Pelo menos 190 concursos públicos no país estão com inscrições abertas nesta seguda-feira (1º) para preencher quase 14,5 mil vagas. Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade.

Mais de 160 concursos estão com inscrições abertas para preencher 14 mil vagas


168 concursos que estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (17) reúnem mais de 14 mil vagas, para profissionais de todos os níveis de escolaridade. As oportunidades são para trabalhar em diversos estados pelo país. Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso. Somente na Prefeitura de São Paulo (SP), um concurso com 1.737 vagas tem postos para pessoas com nível médio e superior de escolaridade.

UFJF abre concurso para técnico-administrativos em educação


São 21 vagas para os campi de Juiz de Fora e Governador Valadares.